Sobre mudanças e (não) surpresas

Faltou um pouco de sorte Djokovic.
Eu sei que você foi com vontade em busca do lugar nº 2 no ranking por um bom tempo, mas toda vez que a oportunidade aparecia, tinha um obstáculo na frente meio difícil de passar. Mas daí, você decidiu baixar um pouco o nível do jogo, e veio um tal de Andy Murray que te tirou até do número 3. E agora o mesmo cara aproveitou que o real número 2 tirou férias forçadas, além de perder pontos de um torneio que acontece de quatro em quatro anos (!), e acabou roubando o lugar dele também, acabando assim com a Era Federer-Nadal.

Eu nem queria mais ser o número 2 mesmo.

Eu nem queria mais ser o número 2 mesmo.

Bom, pro Murray e as 5 ou 6 pessoas que ficaram felizes por ele. Ruim pra os milhares que vão atrás do mesmo com tochas de fogo se Roger e Rafa caírem do mesmo lado do draw do US Open.

E outra coisa: dias atrás, The Globe and Mail veio com a seguinte afirmação:

(…) Pra próxima semana em Cincinnati, onde Nadal é esperado que jogue duplas com Novak Djokovic, algumas das camisetas brancas sem manga no qual ele era suposto de jogar em Wimbledon, vão ser enviadas.

(gif) wonwonwon

Acontece que, isso é mentira. Afinal no draw de duplas não aparece nenhum Nadal nem nenhum Djokovic.

(gif) blah

Nem Ana Ivanovic acha isso legal.

Anúncios

0 Responses to “Sobre mudanças e (não) surpresas”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Quebra de quê?

Um blog sobre a parte do tênis onde não importa se um jogador não consegue volear direito ou se chegou ao número um do ranking sem um Grand Slam, mas sim qual vai ser a próxima roupa da Nike que ele vai vestir ou se posou ao lado de um bebê tigre pra promover um torneio. O que pode ser mais divertido que o jogo em si. Tá, talvez não.

Categorias

Popularidade

  • 5,623 fãs de tênis

%d blogueiros gostam disto: