Archive for the 'Clijsters' Category

NÃÃÃOO, diz Murray

O ranking dessa semana saiu, e tem alguém que não está feliz com isso.

NÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOO

Acho que essa foto dá uma dica de quem é.

Andy Murray: não mais o 2º melhor do mundo, ainda a maior esperança da Grã-Betanha, ainda sem Grand Slam.
No Top10, Rafa voltou pro número 2, Delpo ganhou uma posição e Gilles Simon continua entre os 10 mais, o que sempre foi um grande mistério pra mim. COMO ELE FAZ ISSO? Não que ele jogue mal, mas sério, faz um tempão que ele tá lá.

Já no lado das gurias, adivinha quem (ainda) é a número 1?
Um dica pra Serena: quando tiver uma chance de ser a “verdadeiro-número-1”, não sai por aí dizendo que vai enfiar bolas de tênis na goela de juízes de linha. Não vai te fazer ganhar uma partida, mas também não vai te fazer perder uma.
E a Kim, que não tinha nem ranking antes de ganhar o US Open, agora já é número 19. Sharapova quem?

Pfft, todo mundo sabe que na verdade a Jana foi a verdadeira estrela desse torneio.

Todo mundo sabe que na verdade a Jada foi a verdadeira estrela desse torneio. Kim Clijsters foi só uma mera coadjuvante.

A definição da loucura

Gente, eu sei que todo mundo adora reclamar da WTA. Mas que hoje os jogos femininos valeram bem mais apena do que os masculinos, não dá pra negar.

Pneus.

Pneus.

Depois da “Verdadeira nº1” Serena passar rapidinho pela Dani Hantuchova, e o Rafael passar doído pelo Almagro, veio o jogo que muita gente já estava esperando à algum tempo, afinal dois grandes nomes do tênis jogando depois de tanto tempo, só podia dar jogão, né? Não. Primeiro set: 6-0 Kim. Segundo: 6-0 Venus. Sério, o que foi aquilo? Alguém, até mesmo as tenistas, entendeu o que aconteceu?
No terceiro, pelo contrário, as duas decidiram confirmar o saque ao mesmo tempo (uau!) e prevaleceu a melhor. Sem Williams vs Williams no US Open esse ano. Alguém triste?

Drama.

Drama.

Já na primeira partida da noite no Ashe (que muitas pessoas nem consideravam “boa o bastante” pro estádio – Alô? Cabeças de chave 10 e 7 jogando, como não é bom o bastante?) uma russa nervosa e uma italiana confiante. Flavia Penneta salvou 6 match-points no segundo set e ainda aplicou o pneu no terceiro (grande parte graças ao emocional da Zvonareva e as bandagens que insistia em tirar, colocar, tirar, colocar).
E o engraçado é, depois da gente ver a Vera chorando, gritando palavrões, brigando com a raquete e com a própria perna, ela ainda vem e diz: “Eu não perdi o meu temperamento. Isso é o primeiro de tudo. Eu acho que eu estava lutando o melhor que eu podia.
Ah, então tá.

Só pra ter certeza

Esses dois jogadores, eu não sei se são familiares:
nomes1

Tem esse da foto, conversando com a Kim Clijsters. Esse aí usa um monograma com as letras RF em tudo que é lugar, se duvidar, até no pijama e tip-top das filhas. O nome: Roger Federer. Aposto que foi dícil adinhar esse.

nomes2

Já essa tenista exibe o nome nas costas pra ninguém ter qualquer tipo de dúvida. Ou até mesmo se alguém pegar a jaqueta dela por engano, no meio de uma partida, sabe, “Poxa, ainda bem que essa tal de Serena colocou o nome dela na jaqueta, se não eu realmente não saberia de quem é.”


Quebra de quê?

Um blog sobre a parte do tênis onde não importa se um jogador não consegue volear direito ou se chegou ao número um do ranking sem um Grand Slam, mas sim qual vai ser a próxima roupa da Nike que ele vai vestir ou se posou ao lado de um bebê tigre pra promover um torneio. O que pode ser mais divertido que o jogo em si. Tá, talvez não.

Categorias

Popularidade

  • 5,614 fãs de tênis