Archive for the 'Djokovic' Category

Fatos sobre o Aberto da China

1. O Aberto da China tem uma música tema.
Não tô brincando.

2. Colocou tudo que é jogador pra dar autógrafos.

Karlovic assina uma camiseta que nunca será lavada, Zvonareva se assuta com os fãs mas tenta parecer normal, Chardy posa com uma foto do Federer (??), Cilic assina falsificações chinesas das bolas gigantes do US Open.

Karlovic assinou uma camiseta que nunca será lavada, Zvonareva fingiu ser emocionalmente estável, Chardy posou pra foto com uma foto do Federer (??), Cilic assinou falsificações chinesas das bolas gigantes do US Open.

3. E colocou jogadores pra fazerem… outras coisas.

Essas fotos se esplicam por si mesmas. (Ou não)

Essas fotos se explicam por si mesmas. (Ou não)

4. E pra variar, teve um festéénha pros jogadores, é claro.

Detalhe pra a) pessoas bonitas, roupas feias (quando você tem certeza que são tenistas); b) Marat, o gigante;  c) 1:04; d) o fim fora da casinha desse video.

5. Foi em Pequim que Serena Williams finalmente conseguiu o seu verdadeiro lugar no ranking.

E agora só tem 5 pontos a mais do que Dinara, já que é claaaro, depois que foi confirmado que ela seria a nº1 do mundo, ela perdeu a próxima partida. Eu sei Serena, que a última coisa no mundo que tu quer é o topo do ranking, mas um pouco de esforço não vale nada. Olha há quanto tempo a Safina tá te dando chances de pegar o lugar dela. Aposto que ela até comemorou um poquinho.

6. Nole também voltou pro número 3 no Aberto da China.

Desse modo o topo volta à ser Federer-Nadal-Djokovic. Murray continua sem um Slam. E o mundo está em paz novamente.

7. Mas o fato mais importante é: ninguém sabe o que realmente acontece nas conferências de imprensa do torneio.

china3

Copa do Seu Davis

E uma semana depois de um Grand Slam em quadra dura de pelo menos 3 sets, a ATP vai lá e coloca a Copa Davis. Tão inteligente. Aposto que os jogadores adoram. :’)
Eu não vi nenhuma partida das internacionais porque existe uma tal de vida real que  em pegou desprevinida e disse que eu não tinha tempo pra isso. Maas, tem algumas coisas que eu fiquei sabendo ou deduzi, porque às vezes eu tenho essa capacidade.

Muzza tinha só o peso da Bretanha inteira nas costas. Só.

Muzza, pra variar, tinha só o peso da Bretanha inteira nas costas. Só.

França ganhou jogando tênis. Ou dançando. Difícil saber como.

França ganhou jogando tênis. Ou dançando. Difícil saber como.

Republíca Checa ganhou, mas ainda não sabem o porque dos cartazes dizendo "Radek Ste

República Checa passou pra final, mas não tava muito interessada nisso.

A Armada Espanhola também ganhou, com o apoio da sua líder de torcida número 1 (também conhecida como Rafel Nadal)

A Armada Espanhola também passou fácil fácil pra final, com o apoio da sua fiel líder de torcida (também conhecida como Rafael Nadal)

"Dá pra ir ligeiro com isso? Tenho mais coisa pra fazer do quê ficar aqui assistindo isso. Já ganhei a minha de hoje, dá pro gasto?"

E o Federer... "Dá pra ir ligeiro com isso? Tenho mais coisa pra fazer do quê ficar aqui assistindo esse jogo. Já ganhei a minha de hoje, dá pro gasto?"

Por falar em Federer, fiquem de joelhos para mais um talento do melhor-tenista-de-todos-os-tempos: A música. (Em duas versões! Bônus!)

Espero que seja a Mirka a única à cantar Nana Nenê pras gêmeas. Roger, não maltrate as criançinhas, por favor.

E pra terminar, Nole nesse fim-de-semana:

Tênis? Quê tênis?

Tênis? Quê tênis?

Onde você estava há 8 anos atrás?

Então parece que o Novak está fazendo uma boa ação e tem convidado crianças vítimas do 11 de Setembro pra assistir suas partidas no US Open. Eu sei que tem muita gente que tá torcendo o nariz pra isso, dizendo que ele só quer publicidade e fazer as pazes com a torcida depois de todo o drama da partida do ano passado com o Andy Roddick. A minha opinião? Eu acho que esse é um gesto genuíno. Mas se ele quer publicidade, não é o primeiro e nem o último. E além do mais, aposto que as tais crianças não tão nem aí se é ou não publicidade, e são elas quem realmente importam, certo?

Na última conferência de imprensa ele falou um pouco sobre isso:

Q. Eu fiquei sabendo que você está dando lugares pra crianças vítimas do 11.9 na sua box. Você pode falar disso, o que significa pra você, como isso começou.
NOVAK DJOKOVIC: E, bem, nós tivemos essa idéia antes do torneio, e eu não queria falar sobre isso, obviamente. Eu acho, bem é um gesto que eu espero que signifique algo para eles. (…)
Eu tenho dado pra eles alguns presentes depois dos jogos. Obviamente nós não queremos falar sobre o passado e o que aconteceu. É alguma coisa que eu passei também, alguma coisa parecida no meu passado, sabe, por uma guerra e coisas assim.
Então eu sei como eles se sentem, então eu só quero tentar trazer alguns sorrisos e que eles aproveitem. Eu espero ter feito isso.

(…)

Q. Quando você disse que não queria falar sobre isso ou não tinha, você diz que não quer que isso pareça uma coisa publicitária, mas sim uma coisa do coração?
NOVAK DJOKOVIC: Sobre o quê?

Q. Quando você respondeu a pergunta dizendo que, sabe, eu obviamente não queria falar sobre isso.
NOVAK DJOKOVIC: Bem, eu acho que é porque é uma coisa que é negativa de falar sobre, e eu acho que é uma história triste do lado deles e do meu lado. Então eu acho que nesse momento nós não temos razão nenhuma pra falar sobre coisas tristes, porque, você sabe, nós estamos aqui. (…)

Top 5 WAGs

Esse é um ótimo exeplo de post nada relevante ao tênis, mas que ao mesmo tempo, tem tudo à ver com o tênis. E o assunto são WAGs. Pra quem não sabe, WAGs é a sigla pra Wives and Girlfriends que começou sendo usada por aqueles que gostam de futebol pra falar sobre as esposas e namoradas dos jogadores de futebol. Um exemplo bem conhecido das tais WAGs no mundo do futebol: Victoria Beckham. Um exemplo no qual gostamos mais da WAG do que do próprio jogador: Cheryl Cole. (Ashley Cole quem?)
E o interessante é que esse termo agora não é mais usado só no futebol, mas em todos esportes. E no tênis, lindas WAGs aparecem nos jogos de vez em quando pra alegria não só dos próprios tenistas, aposto.
Esse post é em homenagem as WAGs to Top 5 da ATP.

Do lado direito, esposa do Andy, do esquerdo, namorada do Andy.

Do lado esquerdo, esposa do Andy, do direito, namorada do Andy.

Andy Roddick se casou ainda esse ano Brooklyn Decker. Sports Illustrated Swimsuit Edition te lembra alguma coisa? E só clicar no link e não é preciso falar mais nada.

Já a namorada do Andy Murray é a Kim Sears. Esse ano ele falou sobre ela. E aqui eu abro um super parentêsis sobre essa matéria e as frases que merecem destaque:

Ela não quer me seguir pela tour. Ela quer ter a própria carreira, não posar na revista Hello!

Alerta de indireta! Sério mesmo, só porque Miroslava Vavrinec decidiu seguir o melhor tenista de todos os tempos não quer dizer que todas queiram fazer isso, até porque nenhuma WAG tem mais de 30 anos sequer pra desistir de ter uma carreira. E lembrem-se Mirka = ex-tenista.

Com a sua crescente fortuna e status, Andy poderia escolher entre várias mulheres bonitas. Mao ao contrário de várias celebridades, você não vai achá-lo saíndo por aí à procura nos fim-de-semana.

Quem escreveu o artigo viu alguma foto de Kim Sears? Ela É UMA MULHER BONITA. Pra que sair em busca de outras?

Diz a mãe de Murray: “Ela é maravilhosa – o tipo de garota que não se importa de se sujar. Ela adora manter a casa em ordem e lava a maioria das roupa de Andy durante Wimbledom”

Com a “crescente fortuna” não seria mais fácil contratar uma espregada? Ou será que sou só eu a única que acha simplesmente impossível alguém gostar de fazer trabalhos domésticos?

Fim do super parentêsis.

wagsuso2

A outra Jelena, e aquela-que-não-deve-ser-vista.

E continuando, Jelena Ristic, namorada do Nole e provalmente a WAG mais fofa existente no mundo. E Xisca Perello, namorada do Rafa. Raramente vista em jogos, frequentemente vista em praias ou aeroportos, acompanhada do próprio.

E claro, pra finalizar, menção honrosa para a já citada Mirka. A mulher recentemente teve gêmeos e já tá poderosa de novo. Meu respeito pela Mirka subiu 5 níveis depois que até ficou mais de quatro horas na final de Wimbledom desse ano com duas crias na barriga. Não é pra qualquer um!

O arco-íris de Nova York

As cores das roupas nesse US Open são pra ninguém botar defeito. Pelo menos pra aquelas pessoas assistindo da última fileira o Arthur Ashe Stadium, já que  com as cores discretas usadas por certos tenistas, fica fácil acompanhar a movimentação de cada um à metros e metros de distância.

Nike aposta nas cores neutras.

Nike aposta nas cores neutras. Quer dizer...

A Nike continua usando as cores mais chamativas que puderam encontrar, pelo menos para os jogadores top. Rafa dessa vez deixou o rosa pra as mulheres, e já abandonou o azul de duas semanas atrás. Agora é a vez do amarelo e os detalhes em azul, sempre combinando com a raquete. Ccombinar é brega, Rafael!! Ninguém te disse isso ainda?
Possíveis cores futuras: verde-limão, roxo púrpura, laranja fosforecente.

Já a Serena, por mais que já tenha dito algumas vezes que tem um ~talento natural~ para o design de roupas (a gente acredita, Serena; assim como a gente acredita no teu ~talento natural~ para a escrita.) aparece em Flushing Meadows usando um modelo básico da Nike (ao contrário da irmã que insiste em desenhar suas próprias roupas. Fazer o quê, se te faz feliz, Venus, eu é que não vou falar mal). Sempre um alívio ver a Serena usando qualquer roupa que não seja isso. Ou isso. Sério mesmo.

Adidas tenta inovar. Não consegue.

Adidas tenta inovar. Não consegue.

E daí, pra não ficar pra trás, a Adidas também decidiu lançar uma linha amarela bem discreta como a da Nike. O problema é que alguém teve a ótima idéia de colocar um leopardo nas costas de uma das coleções. Qual foi a intenção disso, uma blusa diferente? Ousada? Interessante? Feia, essa é a intenção. E o curioso é que na Tennis WareHouse, eles nem mostram a parte de trás. É tipo o consumidor: “Olha que bonita essa camiseta da Adidas, vô comprar para os meus jogos de fim-de-semana” = gozação pra vida inteira.

Eu acho que eu já vi isso em algum lugar.

Eu acho que eu já vi isso em algum lugar.

Federer + vermelho + US Open. Zzzzzz. Que as chances de ganhar o título de novo esse ano são grandes todo mundo sabe, mas precisava continuar com praticamente a mesma roupa? Existem outras cores além do vermelho e do azul, Roger.

ANTA, sempre um divertimento.

ANTA, pra finalizar.

E ainda, o vermelho do Federer inspirou na conhecida adorada Anta da Jelena Jankovic (tão fácil fazer trocadilhos com esse nome, nem tem mais graça). Como se o amarelo de duas semanas passadas não fosse o bastante pra fazer todo mundo sofrer, um dos vestidos mais feios dessa temporada também aparece em vermelho. E não é qualquer vermelho, é aquele vermelho vermelhaço, escandalosos é pouco.
Ache o erro na seguinte frase:

E, você sabe, ANTA é uma ótima companhia. Espero que cresçamos e nós promovemos mundialmente. Espero que vestindo todas esses agradáveis e bonitos vestidos, e eles são muito confortáveis também, a nossa relação vai ter sucesso.

Jelena Jankovic, falando sobre a sua relação com a Anta.

Sobre mudanças e (não) surpresas

Faltou um pouco de sorte Djokovic.
Eu sei que você foi com vontade em busca do lugar nº 2 no ranking por um bom tempo, mas toda vez que a oportunidade aparecia, tinha um obstáculo na frente meio difícil de passar. Mas daí, você decidiu baixar um pouco o nível do jogo, e veio um tal de Andy Murray que te tirou até do número 3. E agora o mesmo cara aproveitou que o real número 2 tirou férias forçadas, além de perder pontos de um torneio que acontece de quatro em quatro anos (!), e acabou roubando o lugar dele também, acabando assim com a Era Federer-Nadal.

Eu nem queria mais ser o número 2 mesmo.

Eu nem queria mais ser o número 2 mesmo.

Bom, pro Murray e as 5 ou 6 pessoas que ficaram felizes por ele. Ruim pra os milhares que vão atrás do mesmo com tochas de fogo se Roger e Rafa caírem do mesmo lado do draw do US Open.

E outra coisa: dias atrás, The Globe and Mail veio com a seguinte afirmação:

(…) Pra próxima semana em Cincinnati, onde Nadal é esperado que jogue duplas com Novak Djokovic, algumas das camisetas brancas sem manga no qual ele era suposto de jogar em Wimbledon, vão ser enviadas.

(gif) wonwonwon

Acontece que, isso é mentira. Afinal no draw de duplas não aparece nenhum Nadal nem nenhum Djokovic.

(gif) blah

Nem Ana Ivanovic acha isso legal.

A moda de Montreal

Que Novak Djokovic adora chamar atenção todo mundo sabe. Mas tem alguma coisa em Montreal que fez Novak ficar sem roupa na frente de dezenas de pessoas… de novo.
Já aconteceu em 2007, quando ele desfilou com roupa (que eu espero nunca ter sido usada fora daquele desfile), e praticamente sem roupa (com direito a acompanhante e um tapinha). A explicação:

Q. Foi planejado? Você foi lá esperando fazer isso?
NOVAK DJOKOVIC: Não, eu não fui. Eu só queria me divertir. Eu só tento aproveitar os momentos dentro e fora da quadra o máximo que eu puder. (…)
Nós fomos para passarela duas vezes. As câmeras estavam desligadas. Eu estava conversando com James (Blake), e disse, quanto você me paga se eu for só de cuecas? Ele disse, bem, bastante. Então eu disse, ok vou tentar, mas eu não quero ir sozinho. Então Marcos (Baghdatis). Eu falei com ele. Ele queria ir junto. Mas então ele pensou sobre toda a situação, o que aconteceria, o que está acontecendo comigo agora mesmo (risadas) . Ele disse, não, acho que eu não vou. Eu tenho meu ego, é melhor deixar pra você.
Eu não queria ir sozinho. Um cara italiano veio, Adriano Biasella, ele veio e disse, eu faço isso, então nós fomos juntos. Foi bem estranho. As pessoas estavam confusas. Quem são esses caras? O que eles estão fazendo? O que eles estão pensando? Mas foi muito divertido.

Acontece que esse ano, aconteceu de novo! Só que dessa vez, nem do desfile casual Nole participou, foi direto pra parte do desfile das roupas de baixo (se é que existe uma parte assim ou se é um especial Djokovic) e sozinho. O difícil é saber se foi de novo uma aposta, ou ele tomou gosto pela coisa.

nnole

Aqui tem o video da performance para os interessados aqui algumas fotos dos tenistas que decidiram vestir roupas pra desfilar na passarela.

BONUS: Victoria Azarenka, Anna Chakvetadze, Alona Bondarenko e Dominika Cibulkova na revista FHM pra equilibrar.


Quebra de quê?

Um blog sobre a parte do tênis onde não importa se um jogador não consegue volear direito ou se chegou ao número um do ranking sem um Grand Slam, mas sim qual vai ser a próxima roupa da Nike que ele vai vestir ou se posou ao lado de um bebê tigre pra promover um torneio. O que pode ser mais divertido que o jogo em si. Tá, talvez não.

Categorias

Popularidade

  • 5,614 fãs de tênis